Pós-Modernidade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pós-Modernidade

Mensagem  Fabio em Ter Abr 08, 2008 11:40 am

Pessoal:

Faz algum tempo que tenho pensado no assunto, e o trouxe para cá, para debatermos e aprendemos mais sobre ele.
Na verdade sei muito pouco sobre pós-modernidade, mas o considero de suma importância já que é notório estarmos vivendo esse tipo de pensamento.Temos que saber como lidar com isso.

Seguem os link's de 2 textos sobre o assunto:
Definindo Pós-Modernismo
ós-Modernismo e o Culto ao Indivíduo


- O que é Pós-Modernidade?
- Qual a relevância dela para nós?
- Como um pensamento pós-modernista pode influenciar no contexto de um cristão?
- O perigos da pós modernidade na igreja

Fabio

Mensagens : 30
Data de inscrição : 15/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Resposta

Mensagem  Daniel em Ter Abr 08, 2008 12:00 pm

Vasos, acho esse debate bem pertinente. Esse é um assunto relevante e precisamos estar atentos a estas questões em nossas igrejas. Vamos ao que interessa:

- O conceito de pós-modernidade é um conceito bastante polêmico, tendo em vista que não são todos que concordam quanto à sua existência. Muitos dizem que a pós-modernidade ainda não chegou, tendo em vista que não rompemos com os pressupostos da modernidade. Tal argumento é verdadeiro. Muitos pressupostos modernos (modernidade não é atualidade, mas uma perspectiva filosófica vigente a partir da segunda metade do século dezenove) ainda vigem em nossos dias. Somos seres racionalistas, temos o homem e sua capacidade cognitiva como medida de todas as coisas, tomamos a suposta ciência como irrefutável (suposta pois muitas coisas que são apresentadas como ciência na verdade não o são). Entretanto, alguns paradigmas modernos já foram quebrados, razão pela qual muitos defendam a existência da pós-modernidade. Nós vivemos em uma época na qual a idéia de verdade absoluta foi relativizada (o que é uma incoerência lógica), de subjetivismo extremado e de necessidade de questionamento de coisas que, até então, eram tidas por inquestionáveis. A pós-modernidade pode ser entendida, portanto, como esta nova era, que mescla pressupostos modernos com novos paradigmas, sobretudo o da relativização de todas a scoisas e da supremacia da subjetividade.

- A pós-modernidade nos faz pensar na possibilidade de questionarmos coisas até entã tidas por inquestionáveis. Não tenho dúvidas de que existem verdades absolutas. Até porque, a negação da verdade absoluta é um absolutismo porsi só. Todavia, é importante lembrarmos que muitas coisas que são tidas por absolutas, na verdade, não o são. São criadas por homens e revestidas de absolutismo, mas não são apresentadas por Deus como tais. Para um cristão, absolutas devem ser as verdades reveladas nas escrituras. Contudo, nós absolutivizamos muitas outras coisas, por conveniência ou outros fatores. E a pós-modernidade nos faz pensar na veracidade destes supostos absolutos. Acho isso uma questão interessante. Alem disso, a pós-modernidade resgatou o lugar do sagrado na sociedade. A modernidade tinha eliminado o sagrado do mundo. Tudo é cartesiano e racional ao extremo. Fugiu da razão, está fora de cogitação. A pós-modernidade resgatou o lugar do sagrado, o que faz a gente aproveitar essa ponte para falar de Jesus às pessoas.

- As duas últimas perguntas vou tentar responder aqui de uma vez. Um pós-modernista pode influenciar um cristão tentando relativizar aquilo que ele tem como absoluto, o que é um perigo para a igreja. É bem verdade que aquilo que tomamos como verdade absoluta é matéria de fé. Todavia, tudo é matéria de fé. Porque até mesmo aquilo que é tipo como cientificamente comprovado é fruto de bases teóricas, e não factíveis. Ou seja, a base da ciência moderna é evolucionista, o que é uma teoria. Assim, o homem faz ciência a partir de teorias, e não de fatos. Assim como nossas crenças se sustentam a partir de teorias (criacionista), as crenças de um pós-modernista também se sustentam sobre as mesmas (evolucionista). Por esta razão, os argumentos do mesmo podem influenciar um cristão, sendo uma ameaça para a igreja, ao passo que ele tentará fazer com que o cristão desconstrua sua fé e abrace seu suposto saber científico (ainda que não veja assim)> Outro problema é a tendência de um pós-modernista de tentar ostrar ao cristão que todas as verdades coexistem e devem conviver pacificamente, o que é uma impossibilidade lógica, teológica e bíblica.

Foi mal pelo testamento. Acho que é isso.

Daniel

Mensagens : 55
Data de inscrição : 17/12/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum